Facebook Twitter Instagran
 
   
O que fazemos
Publicações
Expediente
Trabalhe Conosco
 
 
   
 
 
     
Artigos - 21.05.2016
Quatro dicas para motivar uma equipe com baixo custo
                                       
 
Envie essa página como dica de leitura para seu amigo. Sua participação é muito importante!
 
   
   
   
   
   
 
Envie sua opinião sobre essa leitura, dúvida ou sugestão. Sua participação é muito importante!
 
   
   
   


 

Criar um ambiente produtivo e saudável para o trabalho em equipe é um desafio enfrentado por inúmeras empresas. No entanto, manter os funcionários motivados é essencial para fazer seu negócio crescer e se tornar competitivo no mercado. Infelizmente, alguns gestores de RH confundem motivação com alegria e investem tempo e dinheiro de maneira errada tentando aumentar os números de satisfação da equipe.

Alguns especialistas do mercado afirmam que o gestor de recursos humanos precisa se reinventar para sobreviver. O avanço da tecnologia e o aumento da transparência nas relações de trabalho exigem que os gestores de RH se aproximem de outras áreas, como marketing e comercial, setores que se relacionam com o consumidor. Além disso, é necessário buscar recursos fora da empresa para manter os funcionários motivados.

Separei quatro dicas de como motivar sua equipe com baixo custo. Fazendo pequenos ajustes e investimentos é possível criar um clima produtivo de competitividade e saudável para o crescimento profissional.

1.    Equipe que trabalha unida, permanece unida

Criar uma prática para que as pessoas interajam e se conheçam é uma das ferramentas mais simples para criar ambientes motivadores. Quando os colaboradores descobrem pontos em comum, ou mesmo divergências, eles aprendem a lidar uns com os outros e o trabalho fica mais produtivo. Promovendo a interação, os próprios funcionários entendem quais são as principais dificuldades de cada departamento e criam a cultura de se ajudarem. O gestor também deve investir um tempo para estar mais perto da equipe. O contato mais próximo transmite um sentimento de que o líder está disposto a lidar com os problemas do dia a dia.

2.    Capacitação da equipe, desafios constantes e feedbacks

Investir no conhecimento e treinamento da equipe é outro fator chave que não precisa custar rios de dinheiro. Muitas vezes os próprios funcionários podem dar treinamentos e palestras sobre temas diversos. Ajudar a pagar um curso de capacitação e especialização também é uma excelente maneira de motivar e reter talentos. Bancar o curso de um colaborador deve ser entendido como investimento, não como um custo. Além disso, estimular o aprendizado faz com o que funcionário perceba que está indo além da vala comum, está atuando em novos desafios e aprendendo coisas novas. O feedback também é fundamental para manter a equipe motivada. Não se trata de reclamar e dar puxões de orelha, mas sim de deixar claro alguns pontos do trabalho e desenvolvimento profissional, além de colocar a equipe na mesma página sobre a empresa.

3.    Busque parcerias, terceirize serviços

Uma maneira barata de agregar mais benefícios é buscar parcerias com academias, restaurantes, padarias ou escolas de idiomas. Para facilitar essa demanda, o ideal é filiar-se a um grêmio virtual. Assim, além das parcerias locais, o RH adquire um clube de vantagem muito mais amplo para seus funcionários. Com o grêmio, o gestor otimiza seu tempo e pode se dedicar apenas na organização e sistematização dos benefícios dentro da rotina da empresa. Trata-se de uma excelente opção para potencializar o salário dos colaboradores através dos descontos adquiridos, assim como realizar eventos corporativos que promovam a qualidade de vida na empresa.

4.    Celebre as conquistas

Comemorar as conquistas não custa nada e tem um efeito sem precedentes na motivação. Quando a sua equipe atinge metas ou soluciona um problema é preciso celebrar. O importante é não perder o momento e não deixar para depois, prepare um café da manhã, marque um happy hour. A longo prazo, isso pode fazer a diferença, pois aumenta a competitividade da empresa e a sensação de recompensa. Mas para dar certo, o reconhecimento não pode vir sem motivo. O prêmio precisa ser dado por desempenho.

Antônio Bigaton é administrador de empresas formado pela FAAP e sócio diretor da Company Group e fundador do Lincard, primeiro grêmio virtual do Brasil


Leia também:
27/06/2018  ›  A importância da gestão do capital humano no processo de mudança organizacional
09/05/2018  ›  O que La Casa de Papel ensina sobre liderança?
13/04/2018  ›  O RH na era da tecnologia: como se atualizar para não perder espaço?
04/04/2018  ›  Não existe cultura de sustentabilidade sem o protagonismo do RH
04/04/2018  ›  Relacionamento é venda
21/03/2018  ›  O valor da verdade na era do fake news
31/03/2017  ›  Para convencer, é preciso se autoconhecer
31/03/2017  ›  Você sabe fazer uso adequado do e-mail marketing?
13/12/2016  ›  Cinco ações que devem ser evitadas em 2017
22/11/2016  ›  Carreira: o maior patrimônio do profissional
Lista Completa ›
 
Direto da redação
05.12.2018
Fecomércio-RS apresenta projeções econômicas para 2019
04.12.2018
Fiergs projeta economia brasileira em 2019
26.11.2018
Premiações de comunicação e design em destaque pelo país
22.11.2018
Festival promove mais de 450 atividades na capital
 
Trabalhe Conosco
Quantos livros sobre negócios você leu em 2018?
1 a 3
Até 5
5 a 10
Mais que 10
Não costumo fazer leituras sobre este assunto
 
 
 

R. General João Telles, 524/602 • Porto Alegre/RS • Fone: (51) 3346-1194 • E-mail: admin@tematica-rs.com.br