Facebook Twitter Instagran
 
   
O que fazemos
Publicações
Expediente
Trabalhe Conosco
 
 
   
 
 
     
Notícias - 07.11.2017
Fake News sob o escopo de pesquisa da Kantar
                                       
 
Envie essa página como dica de leitura para seu amigo. Sua participação é muito importante!
 
   
   
   
   
   
 
Envie sua opinião sobre essa leitura, dúvida ou sugestão. Sua participação é muito importante!
 
   
   
   


 

Em tempos de pós-verdade, está cada vez mais difícil de determinar se o conteúdo veiculado online é ou não verdadeiro. De acordo com o estudo Trust in News, realizado pela consultoria Kantar em quatro localidades – Brasil, Estados Unidos Reino Unido e França –, as Fake News estão abalando a credibilidade de matérias divulgadas na internet. Além disso, o levantamento demonstra que a reputação de veículos já consolidados de mídias impressas e canais de TV e rádio está mais consolidada do que a de plataformas de mídias sociais ou exclusivamente online. A ideia de que “jornalismo de qualidade é fundamental para uma democracia saudável” está presente em 73% dos entrevistados de todos os países – contudo, apenas 56% acreditam na veracidade do que leem.

Confira a confiança do consumidor de notícia nas fontes utilizadas:

Para muitos leitores, uma das principais responsáveis pela disseminação de Fake News é a cobertura jornalística de política e eleições nas mídias digitais e apps de mensagens – sendo o tipo de conteúdo menos confiável para 60% dos entrevistados. Portais de notícias exclusivamente online foram apontados como motivo de desconfiança, uma vez que 41% dos leitores afirmaram ter menos credibilidade nestes meios. Entretanto, devido a sua quase onipresença na atualidade, a internet ainda tem forte influência na hora de se atualizar, uma vez que 78% dos entrevistados afirmam consumir notícias no meio online.

Entre as principais referências de integridade jornalística aparecem os canais de transmissão 24h por dia, com 78% dos espectadores afirmando que confiam igualmente nestes veículos desde o surgimento das Fake News. A reputação dos canais impressos – como jornais e revistas – continua em alta, com mais de 70% de confiança entre os leitores. 


Leia também:
16/02/2018  ›  Horário de verão encerra neste final de semana
15/02/2018  ›  Pesquisa aponta discriminação de gênero no jornalismo
08/02/2018  ›  Mapeamento mostra falta de diversidade na mídia brasileira
07/02/2018  ›  Estudo revela as preferências do consumidor brasileiro
05/02/2018  ›  Venda de livros tem alta em 2017
31/01/2018  ›  Prazo de declaração da Rais se estende até março
29/01/2018  ›  Prazo de adesão ao Simples Nacional termina nesta quarta-feira
25/01/2018  ›  Campanha pretende combater as notícias falsas
24/01/2018  ›  O futuro das mídias sociais em 2018
17/01/2018  ›  Bens & Serviços agora é digital
Lista Completa ›
 
Direto da redação
16.02.2018
Horário de verão encerra neste final de semana
15.02.2018
Pesquisa aponta discriminação de gênero no jornalismo
08.02.2018
Mapeamento mostra falta de diversidade na mídia brasileira
07.02.2018
Estudo revela as preferências do consumidor brasileiro
 
Trabalhe Conosco
Como você se mantém informado?
Assisto TV regularmente
Leio revistas e jornais
Acesso portais e sites de notícias
Acompanho as redes sociais
Busco informações em diferentes meios de comunicação
 
 
 

R. General João Telles, 524/602 • Porto Alegre/RS • Fone: (51) 3346-1194 • E-mail: admin@tematica-rs.com.br